Em Março foram muitos

 In Cidade de Lisboa, VIDA NA CIDADE

Em Março foram muitos

da-nanda-4-657x360

Fotografia de Fernanda Ribeiro

Por Francisco Neves

3 de Março de 2013

URBANISMO

ARROIOS

[easy-social-share buttons=”facebook,twitter,print,mail” counters=”1″ counter_pos=”insidebeforename” total_counter_pos=”hidden” style=”icon” template=”18″ nospace=”yes” native=”yes” fixedwidth_align=”left” column=”yes” columns=”4″]

Quatrocentos ou 500 mil? Quantos cabem no Terreiro do Paço? Apreciado por contabilistas da política, o 2 de Março é como o país apreciado pelos fanáticos das finanças: de pouco serve. O que muitos sabem é que o encontro foi enorme. Para cantar uma canção que nos anima e que nos dói. Talvez menor que em Setembro passado, talvez mais envelhecida (ainda abananada com o confisco das reformas) a massa humana que desfilou por Lisboa foi sobretudo mais um impressionante acto democrático destes dias de chumbo e incerteza.

Notícias
relacionadas

Error: View 4f39e273k1 may not exist

O Corvo pratica jornalismo independente e desvinculado de interesses particulares, sejam eles políticos, religiosos, comerciais ou de qualquer outro género.

Start typing and press Enter to search